Texto narrado por: Maria Clara Sassaki- Meteorologista

 

Atualmente, com a tecnologia, é possível controlar alguns fatores adversos à lavoura, como doenças, ervas daninhas e pragas.
Mas não é possível controlar o clima. As condições meteorológicas são responsáveis por pelo menos 70% do sucesso de uma lavoura, de acordo com o Prof. Pesquisador Paulo César Sentelhas.

Mas mesmo não sendo possível controlá-lo, existem ferramentas que ajudam a monitorá-lo e indicar qual é o melhor período para começar a agir.

Trabalhando-se com todas as variáveis climáticas que penalizam uma cultura, as ferramentas indicam em qual data será possível iniciar seus projetos com a menor perda do potencial produtivo

Hoje, normalmente o tomador de decisão trabalha com a instalação da lavoura baseado em informações de curto prazo, pegos em aplicativos gratuitos de previsão do tempo.

Embora as condições meteorológicas sejam boas para aquela semana, nada indica problemas à frente.

No Rio Grande do Sul, por exemplo, aproximadamente 10% da área instalada na segunda quinzena de novembro terá que ser replantada pelo posterior excesso de chuva.

Dados da EMATER regional Ijuí. Ou seja, a previsão do tempo no curto prazo até indicava pouca chuva, mas simulações mais estendidas mostravam chuva intensa adiante.

Com uma ferramenta apropriada, uma simulação de instalação naquele período mostraria maior perda do potencial produtivo que uma instalação na primeira quinzena de dezembro, que está mais seco, por exemplo.

Atualmente, ao plantar em uma determinada data sem o auxílio de ferramentas que ajudem na simulação faz com que a chance de sucesso seja de 50%. Com as ferramentas, a chance de sucesso aumenta para 75%, 80%, 85%. Ou seja, na ciência, nada é absoluto.

 A ferramenta ajuda na tomada de decisão, mas ela é passível de falhas. Mesmo assim, a chance de sucesso aumenta comparando-se com lavouras instaladas sem ajuda nenhuma da tecnologia de longo prazo.

Neste aspecto, apresentamos o Agrosomar, uma ferramenta no mercado do agronegócio para diminuir incertezas em relação ao tempo e clima.
Com o seu uso, o produtor tem a oportunidade de prever situações de riscos, que podem ocasionar em grande perda do potencial produtivo entre outros prejuízos financeiros.

A plataforma Agrosomar permite uma gestão mais inteligente da lavoura, pois orienta a melhor tomada de decisão por parte do agricultor.

 

Acompanhe algumas das funcionalidades:

  • Dados observados:

    Histórico com informações de chuva e temperatura registradas nos últimos nove meses em sua lavoura.
  • Balanço Hídrico:

    Permite visualizar o excedente ou a deficiência de água no solo da sua lavoura. Informação fundamental para o desenvolvimento da safra.
  • Precipitação Cumulativa:

    Mostra o acumulado de chuva desde a data do plantio até a atual.
    Já com uma projeção da safra e permite comprar essas informações com a climatologia.
  • Calendário Fitossanitário:

    que indicam as condições do tempo que podem causar doenças nas culturas e prejudicar o desenvolvimento da lavoura.

 

  • Perda do potencial produtivo:


Informa o quanto o clima vai penalizar o produtivo estimado de suas safras de acordo com informações inserida, como data do plantio, tipo de solo, ciclo, entre outras.

  • Boletins informativos:


Boletins regionais climáticos sobre as condições do tempo em todo o país, com informações e notícias detalhadas.

 

Além do apoio tecnológico oferecido pela ferramenta o amigo produtor também conta com uma série de conteúdos dedicados ao sucesso da sua produção. Seja pelo blog do Agrosomar, blog da Somar Meteorologia, página do Facebook ou do nosso canal do Youtube.


Aqui você sempre pode contar com as melhores informações para não ser pego de surpresa.

Agora que você já conheceu um pouco mais do Agrosomar, que tal ter uma experiência mais completa por 7 dias grátis?
Clique no link no final desse texto!

 

                                                                     Quero os meus 7 dias grátis